Oferecemos:
Garantia de Saúde e pureza de raça
Suporte pré e pós venda
Primeira consulta veterinária de cortesia
Ótimas condições de pagamento (até 12x)
Entre outros benefícios
 
  Filhotes Pug. Informações, contate-nos:  
  Tel. (11) 3644-5206 / Cel. (11) 9-6787-1696  
Página Inicial Filhotes disponíveis História Padrão Cuidados E-Mail
       
 
   

História da Raça

Clique no assunto que deseja pesquisar:
 
. Surgimento da Raça  
. O nome 'Pug'  
. O Pug na China  
. Sua chegada ao Ocidente  
. Sua chegada na Inglaterra  
. Sua chegada na América  
. História do Pug Black (preto)  
   
 

Chegada ao Ocidente

É aceito de um modo geral, que os Feios Bonitos (os Pugs) tiveram a sua origem no Oriente e, anos mais tarde chegaram na Europa. Os Pugs dos tempos remotos eram semelhantes aos que conhecemos atualmente. Acredita-se que o Pug tiveram origem de cruzamento das raças tipo Mastiff, com antepassados tais como os cães da antiga Grécia. Certamente, na Europa, deram-se alguns cruzamentos extraordinários com Bulldog, entre outros, mas na China o objetivo era claramente, criar cães tão fiéis ao tipo quanto possível. São estes cães que formaram uma base firme para o Pug atual. 

Antes da sua chegada ao Ocidente, os Feios Bonitos eram popularmente conhecidos em toda a Ásia e ao que parece, chegou à Europa passando pela Rússia. Diz-se que a Czarina Catarina, a Grande Rainha da Rússia tinha um grande número de Pugs e de papagaios na mesma habitação.

O Pug esteve muito relacionado com a Holanda, já que foi muito popular nesse país e ao princípio eram chamados “Mastiff Holandeses”. Este nome podia explicar a confusão que surgiu acerca da origem da raça. 

Os Pug holandeses estavam, certamente, destinados a ter uma grande influência na sua difusão por toda a Europa. 

A Companhia Holandesa das Índias Orientais teve um papel muito importante no comércio com o Oriente. Está claro que em muitas das viagens de volta dos barcos, trouxeram-se tanto Pug como Pequineses, como carga preciosa. 

Um episódio que dizem ter acontencido foi o de um Pug que salvou a vida de Guillermo I de Nassau (chamado o Taciturno), quando em Hermigny, por volta de 1572, este rei se deparou com um ataque surpresa das tropas espanholas. Quando o Pug escutou o rumor das tropas, deu seu alerta, latindo, raspando e chamando a atenção, saltando para cima do monarca para o despertar. A partir daí, Guillermo I sempre teve cães deste tipo, e como consequência, os Pug foram a raça predileta na corte holandesa.

 
 
 
© 2012 Sobre Pug - Todos os direitos reservados UrbanPugs
Somos filiados ao sistema CINOBRAS
Telefone (11) 3644-5206 / Celular (11) 9-6787-1696