Oferecemos:
Garantia de Saúde e pureza de raça
Suporte pré e pós venda
Primeira consulta veterinária de cortesia
Ótimas condições de pagamento (até 12x)
Entre outros benefícios
 
  Filhotes Pug. Informações, contate-nos:  
  Tel. (11) 3644-5206 / Cel. (11) 9-6787-1696  
Página Inicial Filhotes disponíveis História Padrão Cuidados E-Mail
       
 
 
   

História da Raça

Clique no assunto que deseja pesquisar:
 
. Surgimento da Raça  
. O nome 'Pug'  
. O Pug na China  
. Sua chegada ao Ocidente  
. Sua chegada na Inglaterra  
. Sua chegada na América  
. História do Pug Black (preto)  
   
 

O Pug chega na Inglaterra

Um neto do rei holandês Guillermo de Nassau, chamado Guillermo de Orange, chegou à Inglaterra juntamente com sua mulher Maria, em 1688, para ocupar o trono inglês. Juntamente com eles vieram muitos Pugs. Cada um levava um laço laranja em torno do seu pescoço para denotar que pertenciam à Casa Real de Orange.

Esta raça rapidamente encontrou muita aceitação na Inglaterra, onde foi conhecida como o Pug holandês, ainda que, anos mais tarde o nome utilizado com maior frequência foi o de Pug ou Pug-Dog, isto é, “coisa diminuta” ou “cão diminuto”.

 A rainha Carlota, esposa do rei Jorge III (1760-1820), era também muito aficionada da raça e tinha muitos exemplares.

No fim do reinado de Jorge IV, em 1830, o Pug já não estava na moda, e até meados do séc. XIX a sua popularidade já tinha entrado em decadência.


O declínio da raça Pug não passou despercebido de forma alguma pelo escritor Taplin, que escreveu acerca desta raça: "...não é útil para praticar qualquer tipo de desporto, nem apropriado para nada de utilidade, susceptível a não ter paixões dominantes...". Todavia, Estes comentário não serviram para potenciar a popularidade da raça que foi conhecida, com tamanha rapidez e bastante apreciação, como “cães para senhoras mais velhas”.
. A rainha Victória, era grande apaixonada por cachorros e, possuía alguns exemplares da raça Pug. É quase certeza que  seus primeiros exemplares da raça foram presenteados por parentes de familiares reais da Europa.
. O príncipe de Gales presenteou com um Pug (chamado Bully) à sua esposa, a rainha Alexandra, antes de partir para uma viagem pela Índia. Acredita-se também, que a rainha Alexandra era muito conhecida pela sua dedicação e carisma por cachorros, mostrando grande interesse pelos concursos caninos de beleza.
. Existiam duas linhas ou estirpes principais na Grã-Bretanha nas primeiras décadas do século XIX (1846):

Um taberneiro chamado Mr. Morrison criou Pug em Waltham Green, de cores mais claras (abricot), como o apricot-fawn, com pelagem mesclada com fios castanhos em vez de pretos e cães mais fortes e compactos. Os Pug “Punch” e “Tetty” foram os mais importantes desta linhagem.

 

Lord e Lady Willoughby d’Eresby utilizaram exemplares importados para aprimorar o padrão. São responsáveis pela pelagem mesclada com fios pretos, que os fawns (dourados) mais escuros do qy se apresentam hoje e, também, pelo corpo mais esguio e pernas mais longas. Os Pugs "Mops" e "Nell" foram os mais importantes desta linhagem.

. Existem algumas conjeturas sobre se os d’Eresby obtiveram dois Pug através de um russo ou se fizeram com um exemplar de uma condessa húngara que vivia em Viena. De qualquer forma, os Pug de Morrison desempenharam um importante papel no desenvolvimento desta raça na Grã-Bretanha, nos seus primeiros tempos.

Desconfia-se que a criação de Willoughby procediam diretamente dos cães  da rainha Carlota.

Com o tempo, as duas linhas uniram-se e assim, até certo ponto, perderam a sua individualidade, ainda que hoje em dia estas características aparecem de vez em quando.

Ainda hoje, na Europa, é costume a referência a exemplares da raça Pug do tipo "Willoughby", se a pelagem for escura e a estrutura mais esguia ou do tipo "Morrison", se a pelagem for mais clara e a estrutura mais forte e compacta.

. O maior desenvolvimento da raça Pug ocorreu quando, no ano de 1868, dois Pugs de 'linhagens chinesas puras', provenientes do palácio do imperador em Pequim, chegaram à Inglaterra. Estes dois cães, "Lamb" e "Moss", produziram um filho chamado "Click", que foi fundamental no desenvolvimento da raça moderna, pois introduziu características que, associadas à combinação das linhagens Willoughby e Morrison, resultaram no desenvolvimento das características típicas atuais da raça.

 

 
 
 
© 2012 Sobre Pug - Todos os direitos reservados UrbanPugs
Somos filiados ao sistema CINOBRAS
Telefone (11) 3644-5206 / Celular (11) 9-6787-1696