Oferecemos:
Garantia de Saúde e pureza de raça
Suporte pré e pós venda
Primeira consulta veterinária de cortesia
Ótimas condições de pagamento (até 12x)
Entre outros benefícios
 
  Filhotes Pug. Informações, contate-nos:  
  Tel. (11) 3644-5206 / Cel. (11) 9-6787-1696  
Página Inicial Filhotes disponíveis História Padrão Cuidados E-Mail
       
 
 
   

História da Raça

Clique no assunto que deseja pesquisar:
 
. Surgimento da Raça  
. O nome 'Pug'  
. O Pug na China  
. Sua chegada ao Ocidente  
. Sua chegada na Inglaterra  
. Sua chegada na América  
. História do Pug Black (preto)  
   
 

Surgimento da Raça

Muitas teorias da origem do Pug ocasionaram grandes debates ao longo dos anos.

Alguns defendiam que a raça é originária do Oriente, enquanto outros defendiam que foi na Europa.

Atualmente, aceita-se majoritariamente, que o Pug teve a sua origem na China, de onde passou ao Japão, e mais tarde, à Europa. É também bastante provável que o “achatado” Pug, cruzado com outras raças européias dolicocéfalas (de crânio largo), seja antepassado de muitas outras raças braquicefálicas (focinho curto).

A raça Pug era conhecida na China pelo nome de Lo-sze, ainda que tenham sido conhecidos em tempos tão remotos como o ano 1115 a. C.. Todavia, não existem provas da sua existência até ao ano 663 a. C.

No início do século XX, foi editado um livro chamado "Cães da China e Japão". Este livro foi baseado na experiência de Wang Hou Chun, um empregado do Palácio Imperial, que criou e trabalhou com os cachorros do imperador durante setenta e cinco anos. Usou o termo Lo-Sze para descrever o Pug, observando que as diferenças entre o Pug e o Pequinês, eram que o Pug tinha sempre pelagem curta e pele muito solta e elástica.

Por causa da pelagem curta, as rugas da testa dos Pugs eram mais visíveis e os chineses procuravam sempre rugas em determinados padrões similares aos símbolos do alfabeto chinês. O símbolo considerado mais importante, que era mais procurado, era as três rugas que, juntas, representavam a palavra "príncipe" em chinês.

Muitos Pugs orientais apresentavam manchas brancas na pelagem e alguns eram quase inteiramente brancos. No final do século XIX foram registrados Pugs brancos e manchados de branco na Europa, mas estas características foram gradativamente eliminadas por acasalamentos seletivos. E atualmente são consideradas faltas em questão de exposição.

No ano 732 d.C. lemos acerca da existência de um cão pequeno chamado cão Suchuan Pai, que foi enviado juntamente com outros presentes, da Coréia para o Japão.

 
 
 
© 2012 Sobre Pug - Todos os direitos reservados UrbanPugs
Somos filiados ao sistema CINOBRAS
Telefone (11) 3644-5206 / Celular (11) 9-6787-1696